O que é gerenciamento de redes sociais

Gerenciar as redes sociais é muito mais que simplesmente fazer publicações. Uma gestão de mídias sociais envolve diversas etapas, que incluem desde a definição da estratégia e do posicionamento, o planejamento de publicações e a execução até o monitoramento e o levantamento dos resultados.

Para que tudo isso seja bem feito, é necessário ter uma pessoa responsável exclusivamente por esse canal, pois assim ele será visto como um processo importante e necessário para a empresa e não somente como uma obrigação que não traz benefícios reais.

Aqui na RD, esse trabalho é feito por um analista, que se dedica em tempo integral para trazer mais resultados para a área de marketing através das redes sociais.

Em quais redes sociais devo estar presente?

Se você já comprou a ideia de investir efetivamente nas mídias sociais, você deve estar se perguntando o que exatamente deve começar a fazer.

O primeiro passo é definir em quais redes sociais faz sentido o seu negócio estar presente. Algumas redes sociais, como o Facebook, por sua abrangência de públicos, exige que boa parte das empresas, independentemente do tipo de negócio, esteja presente. Já outras, como o Instagram, pode ser que tragam muito mais resultados para um ecommerce de roupas do que para uma empresa de serviços corporativos.

No fim, o que vale é descobrir onde o seu público está. E muitas vezes a única forma de descobrir isso é testando. Você não vai sair perdendo se criar um perfil em uma rede social e descobrir que a sua persona não está lá. Além do aprendizado, as chances de você encontrar o seu cliente lá e conseguir trazer alguns bons resultados para sua empresa são muito maiores.

 

Como montar a minha estratégia nas mídias sociais?

Aqui está o pulo do gato: sem uma estratégia bem definida, a sua empresa terá um perfil nas redes sociais mas não saberá o que fazer com ele. É aqui que muitas empresas erram, acabam não enxergando o real benefício desse investimento e desanimam.

É muito importante definir qual o objetivo de estar presente nas mídias sociais. Aqui, por exemplo, as mídias sociais estão entre os mais importantes canais de geração de Leads, que é o que guia a nossa estratégia, mas também as enxergamos como um grande diferencial para a marca.

É lá que os nossos seguidores e clientes se sentem à vontade para compartilhar um conteúdo nosso, para comentar e dar feedbacks sobre conteúdos e serviços que oferecemos ou simplesmente para terem um canal de comunicação aberto com a gente.

Porém, existem diversos objetivos que podem estar atrelados à sua estratégia. Por exemplo:

  • divulgação da marca;
  • ser um canal de comunicação com os clientes;
  • criar uma comunidade fã da sua empresa;
  • educação através da divulgação de conteúdo;
  • vendas.

O essencial é que apenas um objetivo seja o carro chefe da sua estratégia – para ter foco – e que o objetivo esteja atrelado com o momento da sua empresa.

E o mais importante: essa estratégia pode – e deve – variar conforme o tempo. Se você constatar que sua empresa chegou ao seu objetivo e que a divulgação da marca não é mais tão importante, o próximo passo pode ser começar a focar em vendas.

O que devo publicar nas redes sociais?

Esse tópico depende essencialmente do anterior. Para definir o que será publicado, é muito importante saber qual o seu objetivo. Eu comentei, por exemplo, que o principal objetivo da estratégia de mídias sociais aqui na RD é a geração de Leads, já que dependemos disso para munir a nossa equipe de vendas.

Tendo isso em vista, a maior parte das nossas publicações são algum tipo de conteúdo, sejam eles posts do blog ou materiais ricos como eBooks, webinars, vídeos etc. Esse tipo de publicação é o nosso leme e investimos muito em produção de conteúdo para nutrir cada vez mais as nossas redes sociais.

Porém, não podemos esquecer que entrar em contato com o nosso seguidor/cliente e prospectar a nossa marca também é muito importante na nossa estratégia. Por isso, também devemos fazer outros tipos de publicações que não estejam diretamente relacionadas aos nossos conteúdos. Por exemplo:

  • vídeos institucionais;
  • posts relacionados a datas comemorativas (como o Dia das Mães e o Dia da Mulher);
  • imagens e GIFs divertidos para interagir com os nossos seguidores.

Com qual frequência devo publicar nas redes sociais?

Saliento que é muito importante manter um calendário de publicações para que isso não se perca com o tempo. Sei que no começo pode ser difícil quando ainda não há disponível um arsenal de conteúdos para publicar. Porém, conforme a sua estratégia de Marketing de Conteúdo for evoluindo, você terá muito mais insumos para as suas redes sociais.

Indo mais a fundo sobre como funciona a rotina de publicações aqui na RD, nós publicamos no mínimo um post novo do blog nas redes sociais por dia e um material rico para geração de Leads por semana.

Além disso, cada post do blog é publicado em média mais três vezes em cada rede social e cada material rico mais quatro vezes, em horários e dias da semana diferentes.

Por exemplo, um post publicado no blog é divulgado nas redes sociais no mesmo dia às 20h e mais três vezes: daqui a uma semana às 9h, daqui a duas semanas às 13h e daqui a um mês às 15h. Assim, públicos que acessam as redes sociais em horários diferentes terão as mesmas chances de ver a publicação.

O mesmo acontece com os materiais ricos, que, após lançados e publicados pela primeira vez, por exemplo, em uma terça-feira, são publicados novamente 29 dias depois, em uma quarta-feira, e depois de mais 29 dias em uma quinta-feira, e por aí vai.

É claro que fica muito mais fácil manter esse calendário consistente produzindo conteúdos novos todos os dias. Porém, a mensagem que eu quero passar aqui é a de que você não precisa ter essa grande quantidade de conteúdo desde o início: o importante é se manter presente e fazer publicações relevantes para o seu público.

E, para isso, não importa se você vai publicar um artigo de um blog externo que você achou interessante (fazendo curadoria de conteúdo) ou um vídeo curto que você mesmo produziu com algumas dicas relacionadas ao seu negócio.

O aplicativo de fotos oferece novas formas para e-commerces fazerem vendas diretamente na plataforma.

O Instagram anunciou duas boas novidades para marcas que vendem diretamente no aplicativo. A primeira é a chegada dos links diretos para compras no Instagram Stories, assim como já há na timeline. A outra é um canal exclusivo de compras na aba “Explorar”, reunindo posts com ofertas.

Neste post, vamos falar um pouco sobre essas duas novidades, então continue lendo. Caso você ainda não tenha uma estratégia comercial para o app de fotos mais popular do mundo, acesse abaixo o nosso Guia do Instagram para Negócios. É gratuito!

 

Guia do Instagram para Negócios

Compras no Instagram Stories

A chegada do Instagram Shopping, em março de 2018, foi uma pequena revolução. As empresas podiam oferecer produtos de forma contextualizada na foto, e os consumidores eram ser redirecionados a uma página de compra com um simples clique.

Desde junho, já estavam sendo feitos testes para adaptar o modelo para os Stories, com alguns e-commerces selecionados. Agora, todo mundo pode entrar na brincadeira. Se você ainda não sabe como fazer, dê uma olhada no tutorial da plataforma.

O ícone, inclusive, será o mesmo: a sacolinha de compras vai aparecer quando o produto estiver disponível. Veja nos prints abaixo, divulgados pelo próprio Instagram:

Compras no Instagram Stories

A principal diferença é que, enquanto nos posts da timeline é possível colocar tags de diversos produtos, nos Stories apenas uma marcação está liberada. Faz sentido, pois é sempre bom lembrar que a peça aparece na sua telinha por no máximo 15 segundos.

Falando nisso, lembre-se de respeitar as particularidades do formato. O Instagram é ideal para construir histórias visuais, portanto tente construir uma narrativa usando imagens de boa qualidade e que desperte verdadeiro interesse nos seus usuários.

Em se tratando de anúncios, por exemplo, o Insta inclusive estimula que as empresas construam pequenas histórias. Desde o início de 2018 é possível investir em ads no formato de carrossel nos Stories, em nome de uma experiência melhor.

Canal de compras na aba “Explorar”

A outra mudança na plataforma ainda está em testes, mas provavelmente em breve você vai ver e, claro, estar lá. É um canal exclusivo de vendas na aba de Explorar. Veja o print abaixo para ficar mais claro do que estamos falando.

Canal de compras no Explorar do Instagram

Entendeu onde é? São aqueles agregados de posts de determinados assuntos que aparecem quando clicamos na lupinha, depois de esgotarmos todo o feed com os posts dos perfis que seguimos e ainda estarmos em busca de novidades.

A ideia é muito boa e até surpreende que não tenha sido implementada antes. Pensa só: quem clicar nesse canal de compras estará, certamente, com maior propensão para adquirir produtos. Como você pode reparar acima, a sacolinha de presentes é onipresente.

A melhor forma da sua empresa ir parar nesse canal, ao que tudo indica, é a mesma de conquistar um espaço nos outros: atrair e engajar usuários. Para isso, é sempre bom seguir as melhores práticas de Marketing Digital no aplicativo.

 

FONTE: Resultados Digitais